Pesquisas apontam: Inovação pode gerar até 21,7% de aumento nas Receitas das empresas que atuam com Vendas e Manutenções.

Inovação em Serviços

A quem está direcionado este material?

O público focal são profissionais e empresas que oferecem a venda de produtos, mas, que também possuem uma forte componente de prestação de serviços, especialmente para a indústria, buscando demonstrar os impactos da inovação neste segmento de negócio.

O material completo que está sendo disponibilizado aqui, servirá como um guia para maiores explorações, sem deixar de trazer conteúdo relevante, atualizado e apoiado em artigos científicos.

Bem, nosso objetivo aqui é a necessidade de explorar tudo isso com o enfoque na:

  • Prestação do Serviço Relacionado à Indústria e;
  • Quais fatores tem ou não impacto no resultado das empresas.

As pesquisas

Existe um farto material direcionado aos resultados gerados pela Inovação em produtos. Poucos, no entanto, são os estudos voltados para a Inovação na Prestação dos Serviços. É sabido que dificilmente haverá uma entrega de um produto, inovador ou tradicional, que não venha acompanhado do serviço. Todos possuem garantia e posterior assistência técnica, porém, os estudos associados aos efeitos econômicos gerados pela aplicação da INOVAÇÃO neste contexto ainda são poucos.

Visando jogar luz do saber científico, sobre um “saber” não científico (senso comum de que a inovação gera resultados econômicos), buscou-se trazer material de apoio para sustentar este “senso comum” e ajudar na tomada de decisão na hora do investimento em inovação.

Objetos de Estudo

O objetivo primordial é buscar demonstrar os efeitos positivos dos processos de inovação sobre as Receitas das empresas de manutenção industrial, alavancados pela Satisfação do Cliente, Confiança e Lealdade à Marca, e gerados pela Inovação.

Empreendedorismo e inovação

Empreendedorismo é um processo dinâmico que traz recursos, trabalho, materiais e outros ativos em combinação, para transformar algo, em algo maior do que era antes. Isto introduz mudanças, inovação e assim como uma nova ordem.” (Hisrich, Peters, and Shepherd, 2005)

“Um empreendedor é um inovador que cria novos produtos e serviços, introduzindo novos métodos de produção, novos mercados e novos modelos organizacionais (Schumpeter, 1934)” Ipek Krom Emerging Markets Journal | Pg. |101.

O empreendedorismo é a alma da inovação. É preciso ter a coragem de criar algo novo, quebrar paradigmas, assumir riscos, desafiar “pré-conceitos”. Embora não se possa eliminar os riscos inerentes ao processo, pode-se cercá-lo com informações e dados para reduzir o impacto do fracasso ou potencializar o sucesso, aliás, fracasso e sucesso não são resultados, são etapas do caminho.

Reação em cadeia e o Distribuidor

Segundo um estudo apresentado por Eggert, Thiesbrummel e Deutscher, 2014 que aborda os impactos da inovação em produtos e serviços nos resultados financeiros das indústrias, destaca que a indústria e sua cadeia de distribuição, estão numa posição privilegiada por poder inovar nas duas áreas (produto e serviço), porém, precisa ter sabedoria para escolher a correta alocação para cada qual.

Analisando, em especial, o contexto da cadeia de distribuição, que apenas revende os produtos fabricados pela indústria, cabe destacar-se na cena não apenas com produtos de boa qualidade, mas, com serviços superiores aos de seus competidores e diversos estudos vêm mostrando os impactos da inovação na lealdade à marca, na satisfação dos clientes ou na felicidade do cliente. Clientes mais satisfeitos, compram mais, permanecem mais tempo na carteira, indicam mais, etc.

Os achados

Um grupo de pesquisadores (Kannebley Jr., Sekkel e Araújo, 2008) desenvolveram um estudo denominado: “Economic performance of Brazilian manufacturing firms: a counterfactual analysis of innovation impact. Os achados desta pesquisa corroboram, em um ponto especial, os achados de outra pesquisa já mencionada conduzida por (Eggert, Thiesbrummel e Deutscher, 2014) denominada: “Differential effects of product and service innovations on the  financial performance of industrial firms”. Ambas ressaltam o impacto positivo gerado pela inovação sobre as Receitas das empresas inovadoras, embora não seja visto reflexo no aumento da lucratividade. A justificativa para esse impacto sobre a Receita, mas não sobre o lucro deve-se, em geral, ao fato que a indústria e sua cadeia de distribuição, oferecem os serviços inovadores como um diferencial, não cobrando por eles. Tratam-nos como investimentos na retenção de seus clientes.

Os estudos mencionados destacam um aumento nas Receitas de até 21,7%!

Ou ainda a participação de mercado que cresce até 24,3%!

Internet das Coisas, uma porta para a Inovação

Diversas tecnologias da era da informação já estão inseridas no contexto da indústria, porém, a nova geração de dispositivos, sensores, redes de telecomunicações específicas, grande capacidade de armazenamento de dados a baixo custo, alta capacidade de processamento com custos acessíveis e o advento da Inteligência Artificial, deram uma acelerada e uma modificada profunda na dinâmica dos mercados, seja ele comercial, residencial, saúde, agronegócio e fortemente na indústria 4.0.

As projeções para o volume de dispositivos conectados até 2020 é assustadora, chega à casa das dezenas de bilhões!!!

Tudo isso gerando dados que serão processados, analisados por Inteligência Artificial no momento da ocorrência, permitindo a tomada de decisão e prevenção de eventos futuros.

Esse processo é IRREVERSÍVEL! Os novos modelos de negócios já estão em movimento e serão implacáveis com aqueles que quiserem pagar o preço de esperar.

Este material tem por objetivo reforçar a crença que inovar é um investimento que tem seus riscos pelo ineditismo, mas, como mostram as pesquisas, também abre as portas para um FUTURO BRILHANTE!

A equipe INOVAR.TECH agradece sua leitura até aqui e gostaria de convidá-lo a receber esse material completo, juntamente com uma planilha de simulação desse benefício usando como base o Horímetro IoT da plataforma iliOt através deste link. Caso tenha interesse, cadastre-se para receber em seu e-mail o restante do material e manter contato conosco.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>